.

.

Mensagem do dia

07 maio 2015

HISTÓRIA DE MÃE.

Naturalmente que vivemos o dia das mães como uma data alegre, cheia de homenagens, recheada de amor e carinho, com distribuição de  abraços, flores, chocolates, presentes e almoços deliciosos.  
Nada mais justo... Não é verdade? 
Afinal  a rainha do lar  é merecedora de todas as demonstrações de carinho e amor.

Certamente muitos de nós não tem conhecimento  da  verdadeira origem dessa data, cuja história revela um lado cheio de Idéias solidarias a fim de promover melhor qualidade de vida.

Vamos lá:  veja o que eu achei andando por aí......
tudo começou em 1850 nos Estados Unidos quando uma ativista chamada  Ann Reeves Jarvis fundou clubes de trabalho que funcionavam nos chamados “Dia das mães”.
ideia era que as mulheres trabalhassem para melhorar condições sanitárias e diminuíssem a mortalidade infantil.Os mesmos grupos também cuidaram de soldados feridos da Guerra Civil.

Nos anos seguintes, ela passou a organizar piqueniques em “Dias das Mães” para encorajar mais mulheres a participarem da política, promover a paz, organizando  frentes de trabalho para evitar que suas crianças sofressem com o trabalho infantil.
Mas foi a filha  de Ann Reeves Jarvis,  Anna Jarvis, que estabeleceu a data como ela é hoje, mesmo mudando o sentido real  do movimento.

Anna nunca teve filhos, mas a morte de sua mãe, em 1905, a inspirou a organizar “Dias das Mães” em homenagem a elas.
O Dia das Mães deveria ser uma data na qual filhos deveriam  estar com suas mães em agradecimento e reconhecimento  pelos esforços que elas fizeram em sua criação.
Mas, apesar de algumas cidades adotarem o feriado no segundo domingo de maio, logo os esforços de Jarvis acabaram pendendo para o lado comercial da data, através dos presentes - coisa que Anna considerou uma grande falha.

Quando lojas começaram a encorajar a compra de flores e cartões e Anna percebeu seus propósitos capitalistas, ela passou a organizar boicotes e protestos - tudo para devolver à data o seu propósito original.
Criou um memorial à sua mãe e iniciou uma campanha para que o Dia das Mães fosse um feriado reconhecido. 
Ela obteve sucesso ao torná-lo reconhecido nos Estados Unidos em 8 de maio de 1914.

Em 1923, ela e seus seguidores invadiram uma confecção na Filadélfia. Ela continuou protestando até 1940 - e em 1948, morreu em um sanatório.

         Vou contar como surgiu aqui no Brasil...

Em 1932, o então presidente Getúlio Vargas, a pedido das feministas da Federação Brasileira pelo Progresso Feminino, oficializou a data no segundo domingo de maio.
A iniciativa fazia parte da estratégia das feministas de valorizar a importância das mulheres na sociedade, animadas com as perspectivas que se abriram a partir da conquista do direito de votar, em fevereiro do mesmo ano.

Em 1947, Dom Jaime de Barros Câmara, Cardeal-Arcebispo do Rio de Janeiro, determinou que essa data fizesse parte também no calendário oficial da Igreja Católica.

Fugindo muito do real desejo de Anna Jarvis, a data tem contribuído com grandes lucros ao comercio  de um modo com geral, pois tanto no Brasil quanto nos Estados Unidos o Dia das Mães é a segunda melhor data  depois do Natal.

 photo assinatura_7_zpsff26786e.gif

2 comentários :

  1. Que legal ver a data pelo lado da história! Valeu! Feliz Dia das Mães! bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. Olá Eliene,

    Obrigado por toda esta informação sobre o Dia das Mães. Desejamos-te desde já um Feliz Dia das Mães todos os dias do ano.

    Entretanto, gostaríamos de te convidar para o próximo “desafios do Farol”, evento desta vez diferente dos anteriores e que se iniciou ontem, dia 8 de Maio, no nosso Farol.
    Seria um prazer para nós poder contar com a tua presença e participação nesta iniciativa que, à semelhança das anteriores, promete ser animada e ao mesmo tempo contribuir para que nos aproximemos e fortaleçamos os nossos laços de Amizade.
    Beijinhos e abraços dos amigos,

    Argos, Tétis e Poseidón

    ResponderExcluir

Para você tudo de bom e um carinho sempre novo em agradecimento pela sua presença no fim do arco iris. Abraços.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...