.

.

Mensagem do dia

01 setembro 2014

Racismo e Preconceito.

Sabemos que o racismo no Brasil começou bem lá quando os portugueses chegaram aqui e encontraram os primeiros habitantes... o povo indígena que não se mostrou muito disposto a cumprir ordens.
Daí...porque não trazer dos países Africanos, o povo de raça negra para torná-los escravos obedecedor de ordens.
Sendo assim o autoritarismo
(ordem dada... Missão cumprida)
e idéias retrógradas do povo que aqui chegou, de que  aos brancos cabia todos os direitos, enquanto que aos negros e aos índios cabia apenas os deveres, e como que eram  tidos como os de "raças" inferiores, por isso foram escravizados desde o período colonial.

Isso queria dizer que o “branco” tinha Preferência, tinha Prioridade, tinha préideia, uma ideia antecipada, sem fundamento algum, de que poderia formular um bom ou mau conceito de alguém.

Quer dizer que desde sempre, nada mudou, muito pelo contrário,  essa maneira de se manifestar  perante pessoas, crenças, sentimentos e tendências de comportamento, é um prépensamento de que pode-se  manifestar opinião a respeito.
                     Mas, não é bem assim.

O racismo continua sendo um problema muito sério em vários países, no Brasil é visto a olho nu, os quais seu próprio povo o promove entre si, quer individualmente ou em comunidade na questão cultura, educação e raça, com base em diferentes motivações, em especial as características físicas e outros traços do comportamento humano.

Muito debatido na atualidade, pois deixou e continua deixando, um rastro de crimes contra a humanidade ocorridos ao longo da história.
Escravidão, Colonialismo, Genocídios, Nazismo  Apartheid, Homofobia, Xenofobia, Bullying racista marcaram e continua marcando a história.
Extermínio de judeus com base em argumentos sobre a superioridade da raça germânica, e de outros povos, culminou na Segunda Guerra Mundial.

A Declaração Universal dos Direitos do Homem foi criada com o objetivo de proteger os direitos fundamentais dos seres humanos condenando todo o tipo de discriminação pela raça, sexo, nacionalidade, etnia, idioma, religião ou qualquer outra condição.
O dia 21 de março foi estabelecido pela ONU (Organização das Nações Unidas) como o Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Descriminação Racial, em memória aos mais de 60 mortos em um massacre ocorrido na África do Sul nesse mesmo dia no ano de 1960.

Pode-se dizer que de mãos dadas caminham o racismo e o preconceito.
Normalmente pensamos que o preconceito refere exclusivamente à aparência física de uma pessoa ou povo, e que o racismo seja apenas um conceito diferencial quanto ao social ou a cor da pele de uma pessoa ou de um povo.

Eles estão interligados, colocados visivelmente nos comportamentos antiéticos e sociais das pessoas que  passam por processos de exploração, frustração, medo, seja lá  sua causa, transformando em sentimentos negativos, tipo raiva, ódio, rancor transferindo ao opressor sua hostilidade resultando daí a distinção das pessoas com suas características diferenciadas.

O estilo e a escolha de vida, a classe social de uma pessoa,  um pensamento :  que feio, que gorda, que magro, como é burro este negrão são formas de discriminar  em uma atitude depreciativa que demonstra falta de respeito e de educação domestica.
Observa-se que o preconceito faz parte do domínio de um modo geral  nos campos diferenciados tanto culturais, étnicos, genéticos, geográficos, históricos, linguísticos, religiosos e sociais.

Nós nordestinos sofremos  discriminação porque nascemos em uma região onde o povo se permiti viver a margem da sociedade vivente das bocas que falam, pois desconhecem tanto historicamente e geograficamente as riquezas que o nordeste possui na grandeza de seu povo trabalhador, independente de alguns de seus filhos, esses mais ilustres do que eu, :D,  disseminar idéias de preguiça e malandragem.
É tamanha a discriminação que uma emissora de televisão tem a ousadia e a audácia de colocar um quadro, em um programa decadente de humor, um personagem com dupla personalidade, onde uma delas é o baiano preguiçosa e mal educado.  >:O :-O
           Mas, isso é outra história.
E essa pode ter  certeza que é geradora de grande demostração de amor, trabalho e valorização.
Por enquanto vou ficando por aqui.
Mas eu volto.
Assim eu penso.
  Assim eu escrevo.
 photo assinatura_7_zpsff26786e.gif

Um comentário :

  1. Muito bom e explicativo seu texto amiga, infelizmente com a falta de educação da maioria das pessoas, o preconceito está na cabeça medíocres dos maus informados!!!
    Bjussss

    ResponderExcluir

Para você tudo de bom e um carinho sempre novo em agradecimento pela sua presença no fim do arco iris. Abraços.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...