.

.

Mensagem do dia

19 setembro 2014

Eleições # 2014 # Parte 1

Toc... Toc... Quem é? Eu.... eleições chegando.
Bem não passou o grande evento futebolístico, aquele cheio de debates acalorados, lembra-se? por conta da má atuação do time de Felipão ou mesmo sobre a qualidade dos jogadores, assuntos como corrupção, a construção dos estádios, a infra estrutura das 12 cidades-sedes da Copa e assim por diante, estão agora fora do alcance dos holofotes, distante da mídia esmagadora que agora se volta totalmente a mais um evento tão aguardado pelos brasileiros.

As eleições em outubro que certamente será  crucial para o futuro do País nas mais variadas esferas – política, econômica, social, esportiva e etc...
O Brasil define quem será o próximo presidente da República como também  definira quem será os nossos governadores, senadores e deputados (federal, estadual) nos próximos anos.

Em 2013 tivemos muitos e muitos protestos, rebeliões, e muitas manifestações para mudar a realidade do nosso país.
Diante de um quadro  de partidos ou ajuntamentos, que defendem o interesse público ou o deles, em uma miscelânea geral, fica tudo definido na visão do eleitor como sinônimo de sujeira total, na expectativa de contribuir desde já em uma revira volta nas eleições.

Gostando ou não de política, ou mesmo de futebol, os brasileiros estão marcando o ano de 2014 como um  ano pautado por dois grandes eventos nacionais e certamente tiveram e terá grande influencia no resultado final, 
com suas  respostas nas urnas quando das  escolhas que 
serão  feitas baseadas no reflexo do nosso dia-a-dia, 
nas questões socioeconômicas.

O  nosso voto deve traduzir o que esperamos para as futuras gerações, nossos filhos e netos, que também poderá sofrer 
as conseqüências da nossa opção se não for bem analisada 
e consciente da melhor decisão, da nossa melhor escolha. 
E qual a melhor decisão? E qual a melhor escolha? Difícil dizer.

Pois o que vemos e ouvimos dos nossos candidatos é um emaranhado de promessas “incumprivéis” mentirosas,  
trocas de ofensas publicamente nos canais televisivos 
e nas redes sociais como a querer mostrar-se como o melhor, como o mais preparado, como o indicado a ocupar a vaga 
de um dos empregos mais rentáveis  na sociedade política.

A verdade é que a imagem do país está comprometida onde  
a corrupção, e  a impunidade principais combustível para que seja realizado roubos, fraudes, falcatruas na classe política com seu próprio aval, fazendo com que a população  desacredite que possa existir uma mudança no sistema político  no país.

Mergulhado no caos da vergonha e dos escândalos
em um número alarmante, observamos que nos últimos 
anos vieram a tona crimes como mensalão,  suborno, sequestro assassinatos, desvio de dinheiro e demais crimes de violência 
envolvendo deputados, senadores e até ministros.

                       Gente, que país é esse?

A corrupção fere a ética e as leis, prejudicando  todos  os  cidadãos nas questões da moral e do respeito. 
Desde sempre ela está enraizada nas hierarquias sociais, 
nos governantes descomprometidos em elaborar leis mais eficazes, igualitárias beneficiando á todas as classes sociais.

Os protestos demonstraram a insatisfação da população com 
as atitudes dos governantes de um modo geral. 
                            Não escapa ninguém.

Sabemos que depois que passar a onda das ofensas, do disse me disse, de jogar no ventilador os “podres” uns dos outros, de esconder debaixo dos tapetes os não sabia de nada, os ditos cujos sentarão ao redor da mesa de negociação, comerão o bolo regado a “champagne” pagas por nós, e mostrarão através dos Selfies os sorrisos gozadores  por terem conseguido convencer nós, os  pobres eleitores a colocá-los  no palco  da manipulação onde ponhe e exponhe  as idéias  macabras...malditas  de como tirar do povo brasileiro o direito de viver com dignidade.

Perante a situação, cabe a nós os pobres eleitores , o povão, questionar todas as manhas desse jogo sujo e fazer valer seus direitos retirando a faixa dos olhos  da justiça. 
E sabe qual a ferramenta mais importante para que possamos mudar as questões políticas no país?
O nosso voto. No momento o poder está em nossas mãos.

Deixe-me   contar algumas   curiosidades sobre a 
máquina de votar.
Ricardo Puntel imaginava que ele poderia tornar a apuração dos votos mais rápidas e 
 inventou uma máquina de votar isso  na década de 60, mas  ela nunca chegou a ser usada.

No Brasil em 1996 começamos a usar urnas eletrônicas, mas só no ano 2000 que todo o país passou a utilizar esta invenção, evitando assim demora e diminuindo fraudes. 
(acredite se quiser...)

Foi um sucesso! E que sucesso!!!!!

E mais... as urnas eletrônicas têm teclas com símbolos em braile, o que permite que os cegos também votem.
Assim, todos os brasileiros têm acesso ao voto.
Por isso é que as eleições brasileiras são consideradas pacíficas, organizadas e as mais rápidas do mundo.
Claro... povo carneiro do jeito que é. O que se pode esperar?
Para votar é preciso informar-se bem.
Você, meu amigo(a) está fazendo isso?
É preciso não esquecer que as eleições são de extrema importância para que a população opine sobre o  destino da Nação.
Devemos votar com consciência e responsabilidade, pois o voto influenciará o nosso dia-a-dia.
Procure conhecer os candidatos e os partidos políticos. 
Hum...Procure saber se o que eles pretendem fazer é o melhor para você e sua comunidade e também se as propostas deles são possíveis de serem realizadas.
Hum....Tem cada uma difícil de acreditar.
Naturalmente que dizer que tem boas intenções, que fará o melhor suprindo todas as nossas necessidades, claro, isso se chama promessas de Campanha.
Agora prometer é uma coisa. Fazer é que são elas.
                             Entendeu?
Nossa responsabilidade não pára por aí. 
Após as eleições devemos acompanhar se os representantes eleitos estão cumprindo seu papel.
Não temos cacife para isso. Esquecemos  com muita rapidez, talvez esse seja um dos motivos para eleger sempre os mesmos candidatos. 
Eles saem, voltam e nos os colocamos em lugar que nunca deveria ter estado, quanto mais re...re...estar.
                      É o mau.....
Você sabe o que é democracia?
Democracia é  a liberdade de escolher pelo voto aquilo que é melhor para nossa comunidade. Melhor?
Isto é democradura... ou  (desculpe) democracia!
 photo assinatura_7_zpsff26786e.gifAssim eu penso.
Assim eu escrevo.
imagem = net

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Para você tudo de bom e um carinho sempre novo em agradecimento pela sua presença no fim do arco iris. Abraços.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...