.

.

Mensagem do dia

29 setembro 2014

É ou não é verdade? Mães são assim.....

O dia dedicado as mães já passou, pelo menos aquele que é festejado comercialmente.
Para nós o dia das mães é todos os dias.
Etá... Frase repetitiva, não é mesmo?
Mas o que eu quero mesmo é dividir com você essa mensagem que eu recebi por email.
Confesso que não gosto de colocar na minha casa o que é dos outros, mas essa não deve deixar passar.
Perdoe-me.
Sei que quando acabar de ler, vai concordar comigo que foi uma atitude legal afinal somos mães e é a pura verdade. Como poderia deixar de dividir com você? 
Vamos lá.

Falava ao telefone quando a primeira de muitas candidatas apresentou-se para a entrevista.
- Oi... Boa tarde. Prazer em conhecê-lo.
- Oi.... Desculpe-me. Boa tarde. O prazer também é meu.

Anunciamos online e jornais então fizeram entrevistas reais.

- Você já fez alguma entrevista dessas antes?
- Não.
- Deixa eu te falar um pouco sobre o trabalho para começarmos.

  Não é apenas um trabalho, é provavelmente o trabalho mais
  importante  que existe.
 O cargo que oferecemos é diretora de operações, mas com certeza é 
  bem  mais do que isso.
 As responsabilidades e exigências são bastante vastas e a primeira 
 categoria e a mobilidade.
- Qual?
- Trabalhar de pé.
  O emprego exige que  você trabalhe em pé a maior parte do tempo.
  Constantemente de pé... Constantemente se curvando...   
  Constantemente  exigindo de você um alto nível de energia.

Á medida que ia sendo colocadas as exigências, caras e bocas eram feitas demonstrando insatisfação... Surpresa...  Entre risos disfarçados para esconder o quanto era difícil de acreditar.

- Isso é muito.
- Por quantas horas?
- 135 horas e mais horas ilimitadas de trabalho por semana,   
  respondeu o  entrevistador.
- São basicamente 24 horas por dia, 7 dias por semana.

- Acredito que haja  chance de,  tempos em tempos sentar um pouco 
  aqui e acolá, certo?  Arriscou a pergunta o entrevistado.
- Tipo um intervalo?
-  Sim.
-  Não, não há intervalos.

-  Isso ao menos é legal?
-  Sim, claro.
-  Ok. Mas sem almoço?
-  Você pode almoçar, mas precisa orientar seus funcionários
    enquanto almoça.
- Acho que isso é um  pouco demais.
- Não, não, não isso é loucura.

- O cargo  exige também excelentes habilidades de negociação
  e  interpessoais. Estamos procurando por alguém que tenha 
  graduação em medicina,  finanças e gastronomia.
  Você tem que estar preparado para um alto cargo.
  Seus funcionários precisam de atenção constante.

  Ás vezes você precisará ficar com seu funcionário a noite inteira, 
e  você  deve estar  adaptado a trabalhar em um ambiente caótico 
e se tiver uma vida, exigimos que você abra mão dela e sem férias.

- Sem férias?
   Você deve estar brincando.
   É alguma pegadinha?

- Na verdade, em ação de graças, natal, ano novo, e feriados a carga de 
  trabalho será maior e exigimos isso.
  O que você acha desse cargo?

- Respostas diversas:
- É quase cruel.
- É um trabalho que exige demais,
- Nem máquina.
- É desumano.

- Haverá  tempo pelo menos para dormir?
- Ah! Já  tinha esquecido.
   Sem tempo para dormir.

 - Chega quase a não compensar.
- Exatamente.
- 365 dias por ano?
- Sim.
- Gente... Tem certeza que você está procurando pessoas para     
  trabalhar?
- Sim,  mas é insano.....

As conexões significativas que você está fazendo e a sensação que te dá ao poder ajudar seus funcionários são imensuráveis.
Mas, vamos ao salário.

Este cargo te pagará absolutamente nada.
- Desculpe?
- Nada?
- Mais ninguém faz isso de graça.
- Faz sim e completamente de graça.
- Não acredito.
- Pois pode acreditar.

E se eu lhe disser que  atualmente há pessoas que estão  exercendo esse cargo agora?
Bilhões de pessoas, na verdade.

A pergunta que não quer calar.
- Quem?
 A resposta mais incrível do mundo.
- MÃES.
O riso se fez farto  nos rostos até então carregados de indignações, de perplexidade.

Pois é... Elas preenchem todos esses requisitos, não é?
 Sem salário,
 Sem férias,
 24 horas totalmente disponível,
 Sem hora para dormir,
 Sem hora para almoçar,
 Curvando-se a cada instante para pegar brinquedos esquecidos pelo chão, trabalhando  dobrando por ocasião das festas do calendário junino , final de ano, e por aí vai.....
Profissional da gastronomia.
Cínica geral.
 Economista.
Professora.
Chega, ou quer mais?
Abraços agradecidos.
Nunca é tarde para falar de mãe.
                www.pontencial.gestante.com.br

4 comentários :

  1. Sim ,na verdade mãe faz tudo isto e nem uma se dá conta disto..Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oi minha amiga, bom dia.
    Estamos aqui sempre, geograficamente distantes, mas o coração sempre perto um do outro.

    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Bom dia Elaine,
    Depois de alguns dias ausente porque esta viajando,aqui estou para deixar o meu carinho...O texto é realmente fantástico, mostra como o dever de mãe, dona de casa, esposa, acaba sendo desgastante, e muitas vezes, nem nós mesmas nos damos conta disso. Já conhecia esse texto, só que vi por vídeo.
    Beijos coim carinho
    Marilene

    ResponderExcluir
  4. Eu li este recado fatal na época da data comemorativa.
    Uma bela partilha aqui.
    Meu abraço Etiene.

    ResponderExcluir

Para você tudo de bom e um carinho sempre novo em agradecimento pela sua presença no fim do arco iris. Abraços.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...