.

.

Mensagem do dia

03 julho 2018

Mais uma para contar histórias.

Eu hoje acordei com saudades  de mim, rs,rs,rs, e de você também,  feliz,  lá... pelas cinco horas como de costume, e nas minhas orações matinais, agradeci a DEUS, pela oportunidade de viver mais um dia,  para realizar as tarefas diárias que a própria vida nos impõe como cantar, dançar, perdoar, amar, agradecer, trabalhar, louvar, orar, estudar, aprender... Ah! e malhar, como meio de nos tornar pessoas melhores, tanto para nós, como também fazer por merecer a companhia de pessoas especiais ao nosso redor, como familiares, amigos, camaradas, enfim, os chamados companheiros de jornada.


Confesso que contar a passagem do tempo nos meus 67 anos é encarar uma parte da minha vida, pensando se o tempo está inserido em mim, ou eu com o meu tempo já vivido estou inserida no tempo já passado.
Complicado, não é?

Pois é... Fazer do tempo um aliado no auge dos meus completos 67 anos, é procurar um companheiro sábio, um grande administrador do que estar por vir, o meu desconhecido futuro, que por exigência própria, requer atenção especial mediante ações preventivas na questão pessoal, física, mental, social, econômica, enfim tudo que diz respeito a uma boa chegada ao fim da corrida.   
Há muitos que chegam ao final, tão desejosos de conhecimentos, despreparados, como no período inicial da jornada. . É a tal da busca incessante do saber e do viver melhor. Vigilância total e sempre.

O percurso nem sempre foi em linha reta da onde pode se ver o horizonte.  Nas curvas dos caminhos, surpresas, armadilhas, subidas e descidas íngremes e dolorosas nos morros da ignorância, na falta de orientação, de atitudes impensadas, perdas incomensuráveis, mas no cair e levantar das nossas próprias inquietações e medos, ressurgir das cinzas é uma vitória sem precedentes, quando diante dos olhos se vê que no meio desse deserto, lá estava um oásis cheio de amor e atenção, cercado por familiares e amigos, onde a arte da amizade foi cultivada como planta rara á espera de se fazer presente.

Assim o dia amanheceu hoje em festa, não só pela marcação mais uma no calendário da minha existência, mas pela grandiosidade do momento em que DEUS me deu como benção, o direito e o dever de estar aqui agora... Hoje... Ainda... Por enquanto e sempre, pois com certeza estaremos vivos nos corações de todos aqueles que nos ama e lembra-se de nós.

Meu agradecimento carinhoso a todos os companheiros de jornada, blogueiros...facebokeiros...que estão sempre presentes, todos juntos e misturados no mesmo trem azul da minha vida. Abraços.

Um comentário :

  1. Olá, minha queridíssima amiga!

    Que texto grande em sabedoria e lucidez!
    De teus 67 anos, desse pedestal, tu podes ver tudo, virar atrás e seguir sempre em frente. Você é uma mulher maravilhosa!

    QUE O UNIVERSO ASSIM TE CONSERVE!

    Um beijão, linda!

    ResponderExcluir

Para você tudo de bom e um carinho sempre novo em agradecimento pela sua presença no fim do arco iris. Abraços.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...