Assim sou eu...

“Quão estranha eu sou, mesmo inserida em um contexto de realidades distintas e interpessoal, bastando observar de cima do pedestal que deus assim criou, o quanto se faz necessário manter posição para não se perder ou deixar igualar-se diante da pequenez de pensamentos e ações mesquinhas.”

Nem melhor, nem pior, apenas diferente.

Eliene de Castro

.

.

Mensagem do dia

02 outubro 2018

Rumo as eleições...



Vamos para não reeleger ninguém e nem também qualquer similar ou genérico da mesma laia, da mesma pandilha de sevandijas.
Certamente que nossos eleitos nesse outono brasileiro não seja o que se quer e o que se precisa... A ditadura dos partidos não deixou que se criassem novas lideranças; não nos deixou alternativas de melhores escolhas.

Mas se deixarmos no poder, ou chegar ao poder um só exemplar dessa cretinalha que roubou e arrombou e deixou roubar e arrombar esse país, nós seremos os fundadores do Brasil Kubanacan completamente venezuelado que esses mesmos crápulas estão construindo às nossas custas.
Então em outubro, não reeleja ninguém.

Em outubro, não eleja sequer o amigo de quem nem mesmo é parente da lavadeira deles.

RODAPÉ - E olho vivo e pé ligeiro no TSE em particular e, no geral, em cada urna eletrônica indevassável de cabo a rabo, de fio a pavio. Elas podem ser a urnas fúnebres dessa República tão destrambelhada quanto distraída.
Faço minhas as palavras de Sergio Augusto Oliveira Siqueira.


O Sol há de brilhar mais uma vez
A luz há de chegar aos corações
Do mal será queimada a semente
O amor será eterno novamente

É o juízo final
A história do bem e do mal
Quero ter olhos pra ver

A maldade desaparecer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para você tudo de bom e um carinho sempre novo em agradecimento pela sua presença no fim do arco iris. Abraços.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Faça parte dessa corrente

Faça parte dessa corrente
Concordando ...Divulgue